fbpx

BLOG

Lipoaspiração e lipoescultura: existe diferença?

Lipoaspiração e lipoescultura: existe diferença?

Lipoaspiração e lipoescultura: existe diferença? A lipoaspiração é hoje o segundo procedimento cirúrgico estético mais realizado no Brasil, ficando atrás apenas do implante de prótese mamária. 

Cada vez mais pacientes buscam nesta cirurgia a solução para enxugar medidas e encontrar o contorno corporal que sempre buscaram – especialmente para aquelas áreas onde os exercícios físicos e a dieta não conseguiram sanar o acúmulo de tecido adiposo. 

Com a evolução da medicina, a lipoaspiração passou a contar com o suporte de técnicas cada vez mais diversas, como a Lipoescultura. Mas será que existem diferenças entre elas? Qual seria a mais indicada para o seu caso? 

Leia e fique por dentro! 

Entendendo os conceitos de lipoaspiração e lipoescultura 

Não é apenas no nome que esses dois procedimentos são parecidos. A realização de ambos é praticamente o mesmo, sendo possível dizer que a lipoaspiração é uma parte da lipoescultura, já que essa segunda técnica efetua outros passos, após a retirada por sucção do excesso de gordura. 

Em outras palavras, enquanto a lipoaspiração elimina a gordura em áreas maiores do corpo – como coxas, quadris, nádegas, abdômen, braços e pernas – parando nesse processo -, a lipoescultura aplica a gordura retirada com a lipoaspiração para preencher depressões, modelar e esculpir regiões do corpo e, principalmente, aumentar o glúteo! 

Cabe ao cirurgião plástico avaliar o caso de cada paciente para definir qual procedimento oferecerá o melhor resultado estético. 

Lipoaspiração X Lipoescultura: qual é o melhor? 

O que define se um procedimento é melhor que o outro é a relação entre expectativas do paciente e a viabilidade de cada tipo de cirurgia. Ambas oferecem benefícios e também geram riscos semelhantes – como qualquer outro procedimento cirúrgico. 

Para saber qual procedimento ajudará a garantir resultados mais alinhados às suas expectativas de resultados, é importante agendar uma consulta com um cirurgião plástico de confiança

Mas aqui estão alguns itens que você deve saber sobre a lipoaspiração e a lipoescultura: 

  • As duas são feitas praticamente da mesma forma, com o mesmo tipo de anestesia; 

  • Ambas podem retirar a mesma quantidade de gordura – a diferença entre elas é que a lipoescultura utiliza parte da gordura retirada na cirurgia para melhorar o contorno, aumentando algumas áreas do corpo como o bumbum; 
  • Nem a lipoaspiração, nem a lipoescultura têm objetivo de perda de peso, mas de tratar gordura localizada somente; 
  • Lipoaspiração e lipoescultura não são cirurgias para emagrecimento, mas para melhorar o contorno corporal, “modelando” o corpo. 

Cada procedimento responde melhor a um perfil do paciente e suas expectativas, por isso a consulta com o cirurgião é tão importante – até para entender se você é candidato para este tipo de procedimento. Saiba mais no próximo tópico. 

Perfil do paciente potencial de uma lipoaspiração 

No geral, os seguintes perfis são elegíveis para uma cirurgia deste porte: 

  • Não fumantes e com hábitos saudáveis; 
  • Adultos, com idade superior a 18 anos e peso 30% acima do ideal; 
  • Pessoas que apresentam uma pele firme e elástica, além de um bom tônus muscular; 
  • Indivíduos que não estão obtendo mais nenhum resultado com outras opções não cirúrgicas – como exercícios físicos e reeducação alimentar; 

  • Pessoas sem condições clínicas pré-existentes que possam interferir nos resultados finais – como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos. 

Resultados após lipoaspiração e lipoescultura 

Em muitos casos, os resultados tornam-se evidentes imediatamente – mas só é possível notar o quadro final após a redução completa do inchaço e da retenção de líquidos. Também é comum haver algum inchaço e hematomas. 

No caso da lipoescultura, o paciente pode sentir a pele tonificada naquela parte específica do corpo. Não haverá grandes mudanças na aparência geral, mas apenas nas áreas tratadas. 

Para garantir uma boa recuperação e os resultados esperados, é essencial seguir todas as recomendações médicas – como o uso de cintas e roupas cirúrgicas, o respeito ao repouso e os cuidados na alimentação e nos hábitos gerais.  

Fazendo tudo de modo correto, os resultados finais tendem a aparecer pelo menos seis meses após o procedimento.  

Todos os detalhes sobre todo o processo da cirurgia plástica, incluindo o pós- operatório, você obterá em sua consulta – tire suas dúvidas nesse momento! 

A importância de escolher o cirurgião certo 

Como você pode ver neste artigo, os dois procedimentos são semelhantes, mas possuem algumas características específicas. 

Se você deseja fazer alguma dessas cirurgias, deve marcar uma consulta com um cirurgião plástico certificado – conheça o currículo da Dra. Silva Forster.  

É esse profissional quem tem conhecimento para recomendar o melhor procedimento cirúrgico para o seu caso e corpo. 

Se você deseja saber mais sobre lipoaspiração, clique e agende hoje mesmo sua consulta. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Envie uma mensagem para
a Dra. Silvia

Receba Conteúdos Exclusivos

TEM ALGUMA DÚVIDA?

Faça sua pergunta sobre cirurgias, recuperação e outros
temas diretamente para a Dra. Silvia Forster